Gestao ambiental

As decisões na empresa devem ser tomadas visando à harmonia entre o patrimônio e o entorno ecológico, principalmente na organização que utiliza recursos naturais, e assim, fazer crescer a importância da gestão ambiental na indústria que facilmente ultrapassa o limite de resíduos que poluem o ambiente.

A célula social que utiliza recursos naturais nos processos e produtos, na maioria das vezes, gera variados tipos de resíduos, contribuindo na contaminação do ar, água e solo e para isso a organização deve destinar parte das suas aplicações na melhoria e proteção do meio ambiente, suportando uma série de custos que serão identificados e registrados contabilmente de forma separada dos custos empresariais.

Defender o meio ambiente, na atualidade, passou a ter influência nas estratégias da célula social, algumas empresas estão aderindo a nova filosofia da satisfação das necessidades do cliente, a melhoria da vida à comunidade, tentando solucionar os problemas da poluição no meio ambiente natural com vistas a sustentabilidade que é satisfazer as necessidades do presente sem comprometer o futuro do meio ambiente natural e com isso há uma crescente preocupação em maximizar as oportunidades de reciclagem.

A direção, na sua gestão ambiental, deve aplicar na reciclagem dos resíduos, visar minimizar a poluição ambiental, fazer uso racional da natureza para industrialização de suas mercadorias e na educação de seus clientes no uso dos produtos gerado pela empresa.

O consumidor vê o produto quanto à qualidade e o menor preço, e mais recente, também, o cuidado que a empresa tem com o meio ambiente natural e aumenta a procura por produtos sem agrotóxicos.

O empresário começa a se dar conta que a gestão ambiental não veio para prejudicar a prosperidade e a economicidade patrimonial de sua empresa, mas, sim como um novo desafio para agregar valor ao seu produto, dar demonstração de sua existência e servir à comunidade.

No seguinte exemplo demonstra-se que é possível diminuir a poluição gerada pela atividade econômica da célula social.

A Astra em sua gestão ambiental apresentou o seguinte:

Consumo médio mensal de sacos plásticos para o lixo:

1998 – 1133
2002 – 933
Redução de 18%

Quantidade média anual de resíduos industriais depositados em aterro sanitários:

1996 a 1998 – 43 t
2002 – 12 t
Redução de 72%

Quantidade média anual de caçambas na empresa:

1998 – 44
2002 – 8

Redução de 82%

Fonte: Gestão ambiental – ASTRA

São inúmeros os exemplos que poderíamos demonstrar, da preocupação do empresário, para encontrar o melhor caminho da sustentabilidade em seus empreendimentos.

A gestão ambiental veio para ficar e cresce, a nível mundial, a sua importância para minimizar a poluição ambiental e a organização deve dar-se conta da necessidade do desenvolvimento sustentável para o bem da humanidade.

* Membro da Academia Brasileira de Ciências Contábeis
Membro da Associação Científica Internacional do Neopatrimonialismo.

Hazle saber al autor que aprecias su trabajo

1+
Tu opinión vale, comenta aquí

Comentarios

Compártelo con tu mundo

Escrito por:

Cita esta página
Herckert Werno. (2008, julio 24). Gestao ambiental. Recuperado de https://www.gestiopolis.com/gestao-ambiental/
Herckert, Werno. "Gestao ambiental". GestioPolis. 24 julio 2008. Web. <https://www.gestiopolis.com/gestao-ambiental/>.
Herckert, Werno. "Gestao ambiental". GestioPolis. julio 24, 2008. Consultado el 19 de Octubre de 2019. https://www.gestiopolis.com/gestao-ambiental/.
Herckert, Werno. Gestao ambiental [en línea]. <https://www.gestiopolis.com/gestao-ambiental/> [Citado el 19 de Octubre de 2019].
Copiar
Imagen del encabezado cortesía de blmoregon en Flickr